Na Marino- GEP, dono da Luigi Bertolli, sofre com a crise economica
02nd fev2016

Grupo dono da marca Luigi Bertolli pede recuperação judicial

by Natália Marino

Economia O Grupo GEP, que controla as marcas Luigi Bertoli, Cori, Emme e Offashion e é o franqueado master da GAP no Brasil, entrou com pedido de recuperação judicial na 6a feira passada com o objetivo de equacionar sua dívida, estimada em R$ 513 milhões. O pedido, se for aceito, impactará fortemente o setor de shoppings, onde localiza-se grande parte das 97 lojas operadas pelo GEP. A queda nas vendas, a alta do dólar e a queda na rentabilidade em função da necessidade de conceder descontos aos clientes para girar estoque, foram os principais fatores alegados pelo GEP. O mercado teme que outros varejistas sigam o mesmo caminho.

grupo GEP dono da luigi bertolli entra na crise economica que afeta o brasil

Sobre Lei de falências no Brasil
fonte: globo.com

A recuperação judicial é o mecanismo através do qual as empresas em dificuldade financeira tentam reestruturar a dívida com credores. A lei 11.101, sancionada em 9 de fevereiro de 2005 pelo Presidência da República, regula a recuperação judicial, a extrajudicial e a falência do empresário e da sociedade. A recuperação judicial é abordada no capítulo três da lei, que explica que “tem por objetivo viabilizar a superação da situação de crise econômico-financeira do devedor, a fim de permitir a manutenção da fonte produtora, do emprego dos trabalhadores e dos interesses dos credores, promovendo, assim, a preservação da empresa, sua função social e o estímulo à atividade econômica”. A lei de 2005 acabou com o instrumento da “concordata” no Brasil e permite que a empresa endividada apresente a sua própria proposta para os credores. A legislação fixa um prazo de 6 meses para a negociação entre as partes, que é intermediada por um administrador judicial nomeado pela Justiça. No caso de não haver acordo entre credores e devedores sobre o plano de recuperação, é decretada a falência.

Me sinto triste com tudo isso…
O Brás já não é mais o mesmo, Bom Retiro também. Grandes marcas/empresas do setor desistindo de abrir lojas no Brasil, H&M por exemplo.
Onde tudo isso vai parar?
Que vergonha!

Tchau! Tchau!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta


Contato